sábado, 11 de julho de 2015

Quando Perguntar Pode Ofender...


Senhor primeiro-ministro havia necessidade de expor a sua esposa desta forma?

Para si sei que sim, pensou que tinha mais a ganhar que a perder, porque o nosso povo gosta de "coitadinhos" que transforma com relativa facilidade em "heróis".

Você é daqueles que defende que em política vale tudo.

Mas a Laura não merecia isso. Digo eu.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Quando Perguntar Pode Ofender...


Agora esquecem-se os problemas e vive-se a euforia do momento.

O futebol é mesmo assim. Nada melhor que o Jorge jesus para tentar secundarizar Marco Silva.

Como não se vivem tempos de milagres, só pergunto:

«Como estará o Sporting em NOvembro (e o seu presidente, e Jesus, claro)?

Espero para ver...

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Quando Perguntar Pode Ofender...


Já que uma das "modernices" deste tempo é a quase exigência de quotas no mercado de trabalho, nos partidos, etc, pergunto: 
Para quando quotas na televisão e no mundo artístico para os heterossexuais?

Não é que tenha alguma coisa contra os homossexuais, mas se estão em minoria na sociedade, porque razão dominam o mundo do espectáculo e da comunicação?

domingo, 24 de maio de 2015

Se Eu Hoje Fosse o Luís Filipe Vieira...


Se eu hoje fosse o Luís Filipe Vieira fazia um esforço gigantesco para manter no plantel do Benfica, o Maxi Pereira e o Gaitan.

O Máxi Pereira porque foi ao longo de toda a época o jogador mais regular, e em um dois jogos, ainda teve de ser decisivo, até como goleador.

O Gaitan porque é único grande génio do Benfica, o único que oferece "perfume" e "classe" ao futebol praticado pela equipa.

Não falo do Luisão porque já faz parte da "prata da casa". São o trio mais importante deste Benfica bi-campeão.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Se eu Hoje Fosse o Marco Silva...


Se eu hoje fosse o Marco Silva, não esperava que o Sporting me mandasse embora.

Seria eu que diria ao presidente, com todas as palavras, que não estava disponível para continuar como treinador do Clube na próxima época.

Acrescentava ainda que ele estava à vontade para contratar quem quisesse, sem precisar de fazer "figas" para que o Sporting perdesse a final da Taça...

terça-feira, 12 de maio de 2015

Se Eu Hoje Fosse o António Costa...


Se eu hoje fosse António Costa, pensava seriamente em toda a sua caminhada, desde que foi escolhido como candidato a primeiro-ministro do PS.
Nos muitos "tiros dados nos pés", com silêncios absurdos, em que parece não ter opinião ou ideias sobre Portugal. No "verniz que tem estalado" sempre que as notícias não são favoráveis, perdendo o sorriso o o respeito que deve ter para com a comunicação social.

Para quem está de fora, parece que António Costa apareceu agora na política é um "puro" como o candidato Nóvoa. Não tem um percurso de quase quarenta anos, desde a JS aos órgãos principais do partido.
Falamos de um político que foi o Presidente da Câmara Municipal maior e mais importante do país, que já foi ministro da Justiça, ministro da Administração Interna, ministro dos Assuntos Parlamentares, deputado da Assembleia da República, do Parlamento Europeu, etc. Ou seja, experiência não lhe falta.

Será que ele não quer ser o futuro primeiro-ministro de Portugal?

Se eu hoje fosse António Costa mudava radicalmente o meu discurso e a minha postura, para que não acontecesse no nosso país o que aconteceu na Inglaterra..

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Se Eu Hoje Fosse o Jorge Jesus...


Se eu hoje  fosse o Jorge Jesus  tinha enviado um postal ao Julen Lopetegui. 

E escrevia o seguinte: 

«Eu também já perdi, mais que uma vez. Fico muito chateado mas não choro nem culpo os outros pelo meu insucesso. A vida ensinou-me a seguir em frente. E não só curei as minhas feridas como consegui voltar a ganhar.
A minha dúvida é se tu ainda queres aprender alguma coisa no mundo do futebol, pois pareces já saber tudo...»